NELI SILVA

"Há Coisas Escondidas Sutilmente No Recôndito da Alma..."

Textos


Dia da Criança Portadora de necessidades Especiais
21.08

Conversando Com Mamãe

Mamãe sou alegre mesmo que às vezes meus
Olhos não demonstrem alegria.
Sou forte, apesar desta aparência frágil.
Sou inteligente mamãe, entendo tudo!
Apesar desta expressão vazia.
Sou carinhosa, mesmo quando os outros.
Não percebem meu corpo ansiando
Por um afago. E devo ser muito bonita, mamãe.
Porque seus olhos
Brilham intensamente ao contemplar-me.
Mamãe sou igual às outras crianças, assim:
Não deixa o seu trabalho, por minha causa.
Não deixa de sorrir, por minha causa.
Não deixa de passear por minha causa.
Não abandona uma boa leitura por minha causa.
Não se descuide, por minha causa.
Eu lhe suplico: Não me proteja demais!
Não esqueça seus projetos de vida, por minha.
Causa. Eu imploro: Não deixa de viver!
Sou igual ás outras crianças, mamãe.
Por favor!
Neli Silva
Enviado por Neli Silva em 20/01/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras